28.11.09

PROTESTANTISMO HISTÓRICO

clique na imagem para ampliar


O que o protestantismo é em sua essência e o que deve ser...

O Protestantismo é direcionado para Somente Cristo, Somente a Fé, Somente a Graça, Somente as Escrituras, Glória Somente a Deus.

O Protestantismo proclama alto padrão moral bíblico em todas as áreas da sociedade.

O Protestantismo exalta a vida da família.

O Protestantismo defende como conceito que a Igreja é de Cristo, não dos papas nem dos pastores.

O Protestantismo na Idade Moderna incentivou a agricultura, a indústria, o comércio e a navegação.

O Protestantismo defende a soberania do Estado e a democracia.

O Protestantismo promove a restauração do indivíduo e da sociedade.

O Protestantismo incentiva a Política a restaurar seu domínio para o homem.

O Protestantismo incentiva a Ciência a restaurar seu domínio para o homem.

O Protestantismo apoia o desenvolvimento da Arte para o homem.

O Protestantismo eleva a Religião Cristã.

O que o protestantismo não é nem deveria ser...

Protestantismo não é abrir seita em cada esquina,

Protestantismo não apoia nem encobre pastores ladrões, pedófilos, estupradores, místicos, mentirosos, heréticos, homossexuais, adúlteros, idólatras e outros amantes da injustiça e da impiedade.

O Protestantismo não apoia os movimentos evangélicos pós-modernos, como a Teologia da Prosperidade e outras teologias contemporâneas.

O Protestantismo rejeita o “amém” da multidão evangélica.

O Protestantismo não é meramente um movimento eclesiástico e dogmático, mas um SISTEMA DE VIDA que trata biblicamente nossa relação com Deus, com o próximo e com o mundo.

http://www.monergismo.com/textos/cinco_solas/cinco_solas_reforma_erosao.htm

http://www.monergismo.com/textos/credos/declaracao_cambridge.htm

26.11.09

Igreja Católica Romana e pedofilia


Igreja acobertou 40 anos de abusos sexuais de padres na Irlanda, diz relatório

Investigação cobriu a arquidiocese da capital, Dublin.
Em maio, relatório semelhante havia chocado o país.


A Igreja Católica da Irlanda encobriu abusos sexuais de padres contra crianças da região da capital, Dublin, durante 40 anos, segundo um relatório oficial publicado nesta quinta-feira (26). Segundo o documento, as autoridades deram cobertura aos abusos.

Com 700 páginas, o documento, que cobre a Arquidiocese de Dublin, foi elaborado por uma comissão presidida pela juíza Yvonne Murphy e foi apresentado com uma série de cortes para não levar a prejulgamentos.

Em maio passado, um relatório semelhante já havia revelado abusos físicos e psíquicos contra milhares de crianças em centros educativos públicos administrados pela Igreja.


Fonte> G1

25.11.09

Frases de Baltasar Gracián y Morales

Todos os homens são idólatras, uns da honra, outros do interesse e a maior parte do prazer.



O primeiro sinal de ignorância é presumirmos que sabemos.



Não há mestre que não possa ser aluno.



Em todas as coisas, foge do excesso.



Aplaudem-se as tolices de um rico enquanto nem se dá ouvidos às máximas de um pobre.



Para seres alguém: vai com os melhores. Quando fores alguém: vai com os medíocres.



Às vezes, entre um homem e outro existe tanta diferença como entre um homem e um animal.



Menos mal te fará um homem que te persegue do que uma mulher que te segue.



Aprovar tudo costuma ser ignorância; reprovar tudo, malícia.



Vale mais lutar com gente de bem do que triunfar sobre gente ruim.



Homem ignorante, mundo às escuras.



Não devemos perder uma hora, pois não estamos seguros nem de um minuto.



Tolos são todos os que o parecem, e metade dos que não o parecem.



Alguns apreciam os livros pelo volume, como se fossem escritos mais para exercício dos braços que do espírito.

Criação

A arte é inútil quando é suficiente a natureza.
Baltasar Gracián y Morales

24.11.09

Cristo e eu

Disse um antigo cristão:

"Tu [Cristo] és minha vida, sou tua morte;
Tu és minha justiça, sou teu pecado;
Tu és meu céu, sou teu inferno;
Tu és minha riqueza, sou tua pobreza".

Bernardo

Eu acrescentaria:

"Tu és minha sabedoria, sou um pecador burro no fundo de um poço."

23.11.09

O SIGNIFICADO DO DISCIPULADO


O SIGNIFICADO DO DISCIPULADO

Um esboço para estudo ou pregação por Raniere Maciel Menezes

Baseado no artigo de Vincent Cheung com o mesmo título, publicado no livro do autor Piedade com Contentamento, Editora Monergismo.

Textos chaves: Lucas 9.57-62; João 6.26,27; Lucas 14.26,27; 2 Coríntios 13.5; Mateus 7.21-23; 10.34-36

Texto central: Lucas 9.57-62

TEMOS QUE SEGUIR A CRISTO SEM RESERVAS;

II-TEMOS QUE SEGUIR A CRISTO SEM DEMORA;

III-TEMOS QUE SEGUIR A CRISTO SEM LAMENTAR.

INTRODUÇÃO

É necessário desenvolver um entendimento apropriado do discipulado cristão;

O que vem a ser um discípulo de Jesus Cristo? Quais as implicações disso?

Examinemos o nosso texto central em Lucas 9.57-62:

v. 57 Indo eles caminho fora, alguém lhe disse: Seguir-te-ei para onde quer que fores.

v. 58 Mas Jesus lhe respondeu: As raposas têm seus covis, e as aves do céu, ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça.

v. 59 A outro disse Jesus: Segue-me! Ele, porém, respondeu: Permite-me ir primeiro sepultar meu pai.

v. 60 Mas Jesus insistiu: Deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos. Tu, porém, vai e prega o reino de Deus.

v. 61 Outro lhe disse: Seguir-te-ei, Senhor; mas deixa-me primeiro despedir-me dos de casa.

v. 62 Mas Jesus lhe replicou: Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus.

Lucas registra aqui diálogos entre Jesus e três candidatos a discípulo.

Todos os três candidatos tinham falhas em seu comportamento em seguir Cristo.

Essas falhas não corrigidas tornam o discipulado impossível.

Examinemos tais falhas nos três candidatos ao discipulado:

TEMOS QUE SEGUIR A CRISTO SEM RESERVAS (1º Candidato) – versos 57,58.

A primeira pessoa vem a Jesus e diz: “Seguir-te-ei para onde quer que fores.” (v.57).

Cristo, conhecedor de todas as coisas (João 2.24,25) sabia o que havia no coração do primeiro candidato e assim conhecia bem suas reservas e disposição real em segui-lo.

As respostas de Cristo sempre diagnostica a exata condição do coração de quem o indaga. Cf. Lc 18.18-23.

De modo penetrante, Cristo diz ao primeiro candidato:

v. 58 Mas Jesus lhe respondeu: As raposas têm seus covis, e as aves do céu, ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça.

Estaria este candidato preparado a adotar o estilo de vida que era imposto aos discípulos que andavam juntamente com Jesus?

Não havia lar próprio nas viagens de Jesus e Ele dependia da hospitalidade e do apoio dos outros.

Longe das promessas de uma vida fácil, de fama, bens e reconhecimento.

Tais promessas são falsas expectativas e um discípulo genuíno não pode ter por base razões erradas.

Não que os cristãos não possam ser famosos ou prósperos mas tais coisas não devem ser a razão ao responder ao chamado de Deus.

A falsa expectativa é algo que acontece desde a época de Cristo. João 6.26,27.

Jesus adverte contra as falsas expectativas:

Lucas 14:28,33 Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir?

v. 33 Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo.

Sem renúncia não há discipulado verdadeiro.

Nossa época deve ouvir as exigências de Cristo para aqueles que o seguem.

Devemos afirmar que Jesus quer dizer o que diz, e que NÃO SE PODE ser seu discípulo e ao mesmo tempo violar as condições que Ele apresenta em Lucas 14.26,27:

v. 26 Se alguém vem a mim e não aborrece a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo.

v. 27 E qualquer que não tomar a sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo.

É importante frisar que isso não quer dizer que ser um discípulo de Cristo necessariamente acarrete pobreza ou certos tipos de sofrimentos.

A questão é, quando você promete a Jesus: “Senhor, eu te seguirei por onde quer que fores”, sabe de fato o que está dizendo?

Ou Cristo é apenas um rótulo de seus desejos carnais?

Sua vida reflete dedicação absoluta a Cristo sem reservas?

TEMOS QUE SEGUIR A CRISTO SEM DEMORA (2º Candidato) – versos 59,60.

Após tratar com o primeiro candidato a discípulo, Cristo pede a um segundo homem que o siga, mas o homem respondeu:

v. 59 A outro disse Jesus: Segue-me! Ele, porém, respondeu: Permite-me ir primeiro sepultar meu pai.

Aqui há uma clara interferência cultural judaica no diálogo que se apresenta:

Não se trata de um impedimento de ir ao enterro de um pai, mas alguns pontos são necessários ser esclarecidos.

O pai deste 2º candidato a discípulo não tinha acabado de falecer nem ao menos estava atravessando o período de luto.

Culturalmente, um ano após o enterro inicial do morto, após uma longa decomposição do corpo, o filho voltaria e colocaria os ossos numa caixa especial para ser enterrado outra vez numa abertura na parede do túmulo.

O homem pode estar requisitando até um ano de demora antes que seguisse a Jesus.

Mas se seu pai ainda estivesse vivo e o homem primeiro esperaria o falecimento do pai, então a demora seria ainda maior.

Esta justificativa em protelar o discipulado possuía um tom de piedade judaica, pois na mente do judeu, a obrigação dos filhos em comparecer ao enterro era sagrada. Porém, Jesus dá uma chocante resposta:

v. 60 Mas Jesus insistiu: Deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos. Tu, porém, vai e prega o reino de Deus.

A palavra “mortos” aqui tem dois sentidos.

O primeiro “mortos” é figurado.

“Morto” pode significar “perdido”. Cf. Lucas 15.24.

O segundo caso da palavra “mortos” é literal; refere-se a morte física, visto que o objeto do enterro é o fisicamente morto.

A declaração no verso 60 pode ser parafraseada para: “Deixe que os espiritualmente mortos enterrem os fisicamente mortos, mas você deve ir pregar acerca do reino de Deus”.

Esta exigência de Jesus era algo chocante para a mentalidade judaica.

Deve-se colocar Cristo acima da honra de alguém pelo pai.

Este comprometimento com Cristo é apenas um pré-requisito para o discipulado, não é algo opcional ou extraordinário.

Não se pode colocar nada nem ninguém antes de Cristo, nem mesmo os próprios pais. Veja Lucas 14.26.

Alguém que recusa colocar Cristo em primeiro lugar não é apenas um discípulo inferior; ele NÃO PODE ser seu discípulo em absoluto!

A fé verdadeira não é uma “decisão” superficial para aceitar a Cristo como Salvador, mas um genuíno assentimento mental ao Evangelho como um todo, e um reconhecimento a reivindicação de Deus sobre a pessoa inteira, advindo de um coração regenerado pelo Espírito Santo.

Seguir a Cristo deve ser uma prioridade máxima na vida.

A recusa de fazer um compromisso imediato e total indica uma falta de sinceridade.

Não se pode protelar impunemente o oferecimento de seus serviços a Deus.

Algumas desculpas óbvias:

1) Desejar desfrutar de tudo que o mundo oferece, ainda que a Bíblia diga que a satisfação derivada dos pecados seja apenas “prazeres transitórios” (Hebreus 11.25);

2) Inventar razões “nobres” para não atender imediatamente a Cristo com fé.

Vamos acreditar que os fins justificam os meios?

Se Cristo sequer permite que o enterro do próprio pai se torne uma razão legítima para a demora temporária em segui-lo, todas as outras razões serão desculpas inaceitáveis.

Tais candidatos são pessoas que não renunciam a Cristo abertamente, mas se recusam a segui-lo imediatamente.

Demorar em atender, JÁ; AGORA, alegando que servirá melhor depois é uma desobediência explícita.

Você não pode servir a Cristo “do seu próprio jeito”, você está apenas colocando um rótulo espiritual nas coisas que você gostaria de fazer em primeiro lugar.

Isto não significa que todos devem entrar no ministério em tempo integral.

Pode-se ser um fiel discípulo de Cristo como um trabalhador da construção civil, profissional da área médica ou ministro cristão.

Não siga suas agendas pessoais em nome de Cristo, não o sirva “de sua própria maneira”, mas da maneira prescrita pela Bíblia.

Quem não está ativamente trabalhando sua espiritualidade pessoal e contribuindo de alguma forma para o avanço do reino de Deus AGORA MESMO não é um discípulo de Cristo.

O Reino de Cristo deve estar em primeiro lugar na escala de prioridades e não há razões para protelar. Não há desculpas, nem as mais “nobres”.

Dê a Cristo o que Ele exige, não o que você acha que Ele deva exigir.

Aqueles que imaginam que Cristo permite qualquer flexibilidade nessa área simplesmente não são, nem podem ser, seus discípulos.

Seus planos não podem ser mais prorrogados sem prejuízos e sem a descaracterização do verdadeiro discipulado.

Pergunte-se: “meus planos e metas estão consistentes com a causa de Cristo?” , “Tenho interesse real do Reino?”

Ou você está simplesmente aliviando sua consciência desejando realizar suas ambições egoísticas usando uma capa cristã?

TEMOS QUE SEGUIR A CRISTO SEM LAMENTAR (3º Candidato) – versos 61,62.

Diálogo entre Jesus e o terceiro candidato a discípulo:

v. 61 Outro lhe disse: Seguir-te-ei, Senhor; mas deixa-me primeiro despedir-me dos de casa.

v. 62 Mas Jesus lhe replicou: Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus.

De imediato parece uma razão aceitável para adiar o compromisso pleno com Cristo.

NADA que você ponha um “mas primeiro” antes do chamado do Senhor é aceitável.

Quando Deus convoca alguém não há nada que venha antes da obediência.

Não deve haver nenhum “mas primeiro”, não importa o que isso seja.

A ordem divina É primeira.

Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus.” (v.62)

O típico arado de mão era feito de madeira, de peso leve e tinha uma ponta de ferro. Seu uso requer ininterrupta atenção do lavrador. Desviar o olhar resultaria num sulco torto. Cf. Lucas 17.32,33 (analogia).

A metáfora é uma figura do que acontece na alma de uma pessoa. O caso é de alguém que hesita em deixar para trás sua vida anterior para buscar a Cristo.

Veja o que escreve Paulo em Filipenses 3.8,9.

Ser cristão genuíno não é aceitar o Evangelho superficialmente, mas considerar “TUDO COMO PERDA, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus...

Não se engane, você não pode primeiro tornar-se um cristão para depois optar em ser mais dedicado.

Você não pode tornar-se discípulo “depois”. A Bíblia desconhece tal cristianismo.

Lucas 14.33 Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo.

Ainda que não se espere a perfeição sem pecado, uma radical mudança de direção ocorre na mente na hora da conversão, ou então não ocorreu conversão em hipótese alguma.

A realidade é que há um grande número de falsos convertidos introduzidos na igreja por causa do evangelho distorcido, que na verdade não é evangelho. Cf. Gálatas 1.7.

Não há certeza maior que esta: um coração não transformado e uma vida mundana levarão os homens ao inferno. É preciso evangelizar a igreja e não só o mundo.

2 Coríntios 13.5 Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não reconheceis que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados.

Mateus 7.21-23 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade.

Desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor.” – Filipenses 2.12.

O terceiro candidato cai numa inconsistência sem esperança, pois ainda que “esteja pronto” para seguir a Cristo, ele coloca uma barreira entre ele e o Mestre.

O discipulado para ele só pode ser realizado quando certas condições forem cumpridas.

O candidato se põe a disposição, mas coloca condições.

Discipulado significa adesão imediata.

Aqueles que ditam condições e o tempo para o discipulado não podem ser discípulos de Cristo.

Quem “olha para trás” não está qualificado para o serviço do “Reino de Deus” (v.62).

Não lamente, obedeça o mais rápido possível.

CONCLUSÃO:

Para ser um seguidor de Cristo, não há lugar para hesitação, distração ou lamento.

A religião é tudo ou nada.

Aquele que não está desejoso de sacrificar tudo pela causa de Cristo, não está desejoso de sacrificar nada. De outro modo a nossa fé não é genuína.

É preciso estar disposto a sacrificar relacionamentos, Mateus 10.34-38:

Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o homem e seu pai; entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra. Assim, os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim; e quem não toma a sua cruz e vem após mim não é digno de mim.

HAVERÁ conflitos entre cristãos e não cristãos. – Os conflitos não serão uma possibilidade, mas uma realidade: HAVERÁ conflitos.

Muitos que dizem seguir a Cristo estão mentindo, estão usando sua profissão de fé cristã como uma capa para esconder seus próprios desejos pessoais.

O chamado de Cristo ao discipulado exige a transformação e a dedicação da pessoa como um todo.

Como distinguir um verdadeiro e um falso discípulo?

Qual padrão devemos examinar a nos mesmos se somos verdadeiros discípulos?

Jesus dá uma resposta direta em João 8.31:

Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos.

O discipulado verdadeiro é caracterizado por ouvir, compreender e obedecer aos preceitos de Deus.

Tal é o verdadeiro discípulo de Cristo: o que possui uma fé que obedece e persevera.

Temos que seguir a Cristo SEM RESERVAS, SEM DEMORA e SEM LAMENTAR.

Devemos segui-lo aonde quer que ele nos conduza, mesmo para lugares e situações que não esperamos.

A obra do Reino deve ser prioridade máxima. E não devemos olhar para trás.

Não se pode mais desejar a vida que se levava antes ou desejar levar a vida que outros que não seguem a Cristo levam.

Ser discípulo não pode ser nada menos do que isso.

Não alimente falsas promessas de lealdade a Cristo.

Lute para se certificar de seu lugar no Reino, pare de enganar a si próprio, para que seu trabalho para Cristo não venha a ser em vão.

Adquira o livro através do website Monergismo.com - http://www.editoramonergismo.com.br/

EVANGELISMO E EVANGELHO


Dizer "Esqueça a doutrina, vamos evangelizar" é tão ridículo quanto uma equipe de futebol que diz "Esqueça a bola, vamos continuar o jogo".
Peter Lewis



Se não tornarmos clara nossa posição, com palavras e obras, em favor da verdade e contra as falsas doutrinas, estaremos edificando um muro entre a próxima geração e o evangelho.
Francis Schaeffer




O arrependimento é o único portão pelo qual o evangelho é recebido.
Basilea Schlink




As Escrituras Sagradas vêm da plenitude do Espírito, de modo que não há nada nos profetas, na lei, no evangelho ou nas epístolas que não desça da majestade divina.
Orígenes




Considero cristão de fato aquele que não se envergonha do evangelho nem é uma vergonha para ele.
Matthew Henry




Tão grande é a depravação do homem não-regenerado que, embora não haja nada que ele necessite mais do que o evangelho, não há nada que ele deseje menos.
R. B. Kuiper

22.11.09

Cruz

clique na imagem para ampliar

19.11.09

Igreja

clique na imagem para ampliar

14.11.09

Igreja, Evangélicos, Domingo, Sábado e Qualquer Dia.



Eita assunto espinhoso! Uns acham que a guarda do sábado foi abolida, outros creem que ainda vigora, outros ainda fazem do sétimo dia uma religião per si, outra parte crer que foi transferida a observância para o domingo. Uns afirmam com veemência que isto é uma mera invenção dos papas romanos, outros acham que é uma distorção bíblica e que Deus não tem nada a ver com isso, outros dizem que estamos debaixo da graça e não há mais observância à Lei e que Cristo é o nosso descanso e acabou. Há quem seja mais flexível e diga que qualquer dia é válido e assim substitui o sábado ou o domingo.

De modo geral, na verdade e na prática, é tudo uma grande farisaiada! (pra não dizer cachorrada!). Quem diz que vale tudo não vale nada, é algo relapso! – Quem faz do dia um peso legalista é fariseu! Quem faz do dia um descaso é displicente! Muitos dos que dizem que guardam o domingo observam como quem passa um feriado de Tiradentes. Outros que dizem que qualquer dia vale é do tipo que comemora carnaval no São João.

Tenho absoluta convicção teológica de que os evangélicos contemporâneos não têm conhecimento bíblico-doutrinário maior do que os antigos cristãos do século XX e anteriores até a Reforma Protestante. Portanto toda argumentação contra a observância do Dia de Descanso (Domingo; Dia do Senhor para os protestantes históricos) é vazia. Porém, na prática (ah! Na prática...), os protestantes têm esvaziado suas próprias confissões e não tem lutado nem protestado para honrar o Dia do Senhor.

Em contrapartida, os Adventistas conseguem mudar datas de provas em nível Federal e conquistaram vários benefícios para preservar o sétimo dia da semana. Os judeus igualmente protestam e batem forte contra leis nacionais que ferem seu “dia santificado”. O que faz a massa evangélica? Não tem tempo pra se preocupar com isso, pois está ocupada em shoppings e campos de futebol (pra não citar todos os tipos de recreações, mesmo quando estão congregando como igreja).

Citarei apenas um exemplo, olhando para o próprio umbigo. O que diz uma confissão de fé de herança reformada sobre o assunto que ainda é “válida” em todas as igrejas que a adotam?:

Confissão de Fé de Westminster - CAPÍTULO XXI
DO CULTO RELIGIOSO E DO DOMINGO

VII. Como é lei da natureza que, em geral, uma devida proporção do tempo seja destinada ao culto de Deus, assim também em sua palavra, por um preceito positivo, moral e perpétuo, preceito que obriga a todos os homens em todos os séculos, Deus designou particularmente um dia em sete para ser um sábado (descanso) santificado por Ele; desde o princípio do mundo, até a ressurreição de Cristo, esse dia foi o último da semana; e desde a ressurreição de Cristo foi mudado para o primeiro dia da semana, dia que na Escritura é chamado Domingo, ou dia do Senhor, e que há de continuar até ao fim do mundo como o sábado cristão.
Exo. 20:8-11; Gen. 2:3; I Cor. 16:1-2; At. 20:7; Apoc.1:10; Mat. 5: 17-18.

VIII. Este sábado é santificado ao Senhor quando os homens, tendo devidamente preparado os seus corações e de antemão ordenado os seus negócios ordinários, não só guardam, durante todo o dia, um santo descanso das suas próprias obras, palavras e pensamentos a respeito dos seus empregos seculares e das suas recreações, mas também ocupam todo o tempo em exercícios públicos e particulares de culto e nos deveres de necessidade e misericórdia.
Exo. 16:23-26,29:30, e 31:15-16; Isa.58:13.

Quantos estudam este assunto? Quantos conhecem este assunto? Quantos ao menos discutem este assunto? Quantos já foram disciplinados este ano ou esta década por causa deste assunto? Quantos levam a sério este assunto? Quantos se sentem incomodados com este assunto? Quantos militam por este assunto?

Dia 14 de novembro de 2009, em Israel, Judeus protestaram em frente ao escritório da poderosa Intel (empresa americana de chips de computador) contra uma decisão da fábrica em funcionar no sábado (dia semanal de descanso no judaísmo).

Segundo fontes da BBC:

Os manifestantes gritaram "Shabbes! Shabbes", palavra em hebreu para Sabá, ou o dia do descanso. A Intel, maior fabricante mundial de chips de computador, instalou arame farpado em seus escritórios antes dos protestos mas não houve relatos de violência. Mais de mil pessoas participaram da manifestação. -- http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/11/091114_ortodoxos_rc.shtml

A grande massa evangélica não-confessional grita o quê? A minoria esmagada de protestantes históricos confessionais grita o quê? Se a seleção brasileira tiver jogando já sabe: “Brasil! Brasil!”.

Marcha para Jesus, Brasil Para Cristo, essas coisas de nada valem se a Igreja não honra o Dia do Senhor. O dia é ou não é o Dia do Senhor?

SMS GRÁTIS (Frases cristãs)


CLIQUE AQUI PARA RECEBER GRATUITAMENTE MENSAGENS CRISTÃS PELO CELULAR

12.11.09

ABRA O OLHO BRASIL! VOTE NÃO!



Diga NÃO ao PLC 122/2006 novamente!

O Senado ZEROU a enquete (que já tinha mais de meio milhão de votos) alegando que antes era possível aos usuários votar mais de uma vez. Mas isso é uma grande MENTIRA, pois CONTINUA SENDO POSSÍVEL VOTAR VÁRIAS VEZES, bastando para isso deletar os cookies do navegador após votar.

A verdade é que a liderança do NÃO incomodou os militantes pró-homossexualismo. E, aliás, se alguém burlou a enquete foram justamente eles, que surpreendentemente estavam conseguindo, em vários momentos, alcançar os votos dos cristãos. Algo muito improvável considerando a gigantesca mobilização cristã contra esse projeto maldito. Faça uma busca na internet e verá a grande quantidade de sites e blogs convocando os cidadãos a votarem NÃO.

Portanto, vamos CONTINUAR dizendo NÃO a esta aberração!

Acesse www.senado.gov.br/sepop ou www.senado.gov.br/agencia e vote NÃO

ACESSE OS ENDEREÇOS ACIMA PARA VOTAR!

9.11.09

Perspectivas

Dois homens olharam através das grades da prisão;
um viu a lama, o outro as estrelas.

Agostinho

7.11.09

Frases sem medo da verdade



Um avivamento pode produzir barulho, mas não é nisso que ele consiste. O fator essencial é a obediência de todo o coração.
Ernest Baker




Avivamento não é a tampa explodindo, mas o fundo caindo.
Darrel Bridges




Avivamento não é descer a rua com um grande tambor; é subir ao Calvário em grande choro.
Roy Hession




O que se chama comumente de avivamento pentecostal é fogo de isqueiro, não do Espírito! Quando se fala mais em vitória financeira do que em mortificação da carne, isso não é avivamento!
Raniere Maciel Menezes





O ladrar do cão é sinal de fraqueza e de medo,
pastores ruidosos, bravios e cheios de si são mais vazios que um bombo.
Paródia de Pensamento da Coletânea de Raimundo Vieira de Melo.




Sobre os chamados carismáticos-renovados:
- Pensar cansa mais do que bater palmas.
Raniere Maciel Menezes




Muitos pastores não querem bem, querem os nossos bens.
Paródia de Pensamento da Coletânea de Raimundo Vieira de Melo.




No mundo evangélico monetário, membro pobre é sempre um ilustre desconhecido.
Paródia de Pensamento da Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




Sobre pastores neuróticos: - são aqueles que transferem para o púlpito toda a sua “virilidade” e “genialidade”; esperneiam, gritam e erguem o indicador o tempo inteiro.
Paródia de Pensamento da Coletânea de Raimundo Vieira de Melo.




Não se resolve o problema do pecado com ascese, exaltação religiosa e pregações anestésicas.
Pensamento da Coletânea de Raimundo Vieira de Melo.




Muitas vezes terno e gravata em pastor é uma encadernação de luxo para um livro que vale tão pouco.
Paráfrase Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




Teologia da esmola:
- “Felizes os pobres”, pregou Cristo, e logo os interpretes fizeram aumentar essa felicidade tornando os pobres mais pobres.
- A igreja recebeu a missão de angariar ajuda financeira para distribuir com os necessitados, entretanto muitos pastores contaminam-se de cobiça e avareza.
- Enquanto certos pastores e seus secretários pregam a teologia da resignação para os pobres, vivem eles a teologia do esbanjamento.
- A um povo com fome, certos evangelizadores vêm com pregações.
- Há pastores que pregam a própria filantropia.
Paráfrase Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




A maior invenção do futuro será a criação de um aparelho que produza silêncio.
Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




A Igreja Católica Romana criou os pecados capitais, a igreja evangélica inventou os pecados do Capital.
Raniere Maciel Menezes




Os que dizem o nome de Deus em vão, até que "vão" bem.
Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




Deus não é mudo. Nós é que somos surdos.
Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




Todo mundo tem o seu preço mas ainda há gente que faz abatimento.
Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




Não há fórmulas carismáticas para falar com Deus. Ele é poliglota, entende todas as línguas até a dos mudos.
Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




Pastor pop-star é o que sabe explorar os fiéis, manipular os conselheiros, e
“subornar” o tesoureiro.
Paráfrase Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




[Verdade inconveniente]:
As festas e as confraternizações enchem as igrejas de fiéis, mas os hospitais estão sempre vazios de visitantes.
Paráfrase Coletânea de Raimundo Vieira de Melo





Não é possível escrever um poema numa folha de cheque, mas ele comove mais o coração. – Não é verdade senhores pastores mercenários?
Paráfrase Coletânea de Raimundo Vieira de Melo





A igreja visível, com o passar do tempo, tornou-se uma sociedade econômica e ecumênica.
Paráfrase Coletânea de Raimundo Vieira de Melo




Sobre pastores donos de igrejas:
- o usucapião atual é uma forma atenuada do antigo direito romano de saque e rapina.
Paráfrase Coletânea de Raimundo Vieira de Melo





Quando a oferta vale mais que o ofertante tal igreja não merece honra.
Raniere Maciel Menezes



Muitas vezes os fatores políticos e econômicos é que determinam o caráter e o destino de uma igreja, e não as Escrituras.
Raniere Maciel Menezes




O ladrões exigem a bolsa ou a vida; certos pastores levam-nos a bolsa ou a salvação.
Paráfrase de Pensamento da Coletânea de Raimundo Vieira de Melo

Frases Protestantes no Celular (GRÁTIS)


CANCELADO TEMPORARIAMENTE!

Receba gratuitamente frases (torpedos) cristãs para operadoras: Vivo, Claro, Tim e Oi.

Envie para meu e-mail seu número do celular e a operadora (caso não queira receber mais mensagens comunique por e-mail).

Receba SMS grátis do Frases Protestantes. As mais lindas citações cristãs de todos os séculos para sua edificação.

Envie seu e-mail para ranzemis@gmail.com -- com "TORPEDO" escrito no assunto.

3.11.09

A Centralidade da Cruz de Cristo na Pregação

Pastores que estão em dúvida sobre o que pregar, existe uma coisa interessante chamada “cruz” nas Escrituras. Há várias passagens que falam nela. Parece que o apóstolo Paulo não tinha outro assunto, a cruz estava no centro da sua teologia. Pregador sem criatividade, esse Paulo!

1 Coríntios 1:17 Porque não me enviou Cristo para batizar, mas para pregar o evangelho; não com sabedoria de palavra, para que se não anule a cruz de Cristo.
1 Coríntios 1:18 Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus.

Coloque a cruz de Cristo no centro de sua pregação e cumpra seu dever!

1.11.09

Fraude explica!


IURD? Fraude explica.
Ass.: Mamon

Quem não chora não mama!

Sonia [bispa da Renascer] dedicou cerca de 20 minutos do discurso para pedir ofertas aos fiéis. Enquanto pregava, funcionários da Renascer andavam por entre as cadeiras carregando máquinas de cartões de crédito e débito e sacolas vermelhas onde se colocavam os envelopes com dinheiro. Nele, o aviso: "Em caso de cheque, favor cruzar e colocar nominal à igreja. Pois assim diz o Senhor Deus: A farinha da panela não acabará". -- Fonte: O Bereano

É vergonhoso ver tantos pastores chorarem enquanto pedem dinheiro!

Como já dizia o "velho deitado":

A sabedoria dos crocodilos consiste em verter lágrimas quando querem devorar.
(Bacon)